Ônibus de estudantes que capotou no ES tinha eixo amarrado com arame

Uma das vítimas teve que amputar o braço. Duas pessoas morreram e 24 pessoa ficaram feridas. Um estudante relatou como foi o acidente, que aconteceu em Alegre.

0
119

 

O ônibus que capotou em um acidente que matou duas estudantes e deixou 24 feridos, na rodovia ES-181, estava com os pneus carecas e com o eixo traseiro amarrado a um arame, segundo a polícia.

Ainda não se sabe a causa oficial do acidente que aconteceu início da noite desta quinta-feira (22), na Serra de Anutiba, interior de Alegre, no Sul do Espírito Santo.

Eixo de ônibus que capotou, em Alegre, estava amarrado com arame  — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Eixo de ônibus que capotou, em Alegre, estava amarrado com arame — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

No momento do acidente, 28 estudantes universitários, um assistente do motorista e o motorista estavam no ônibus. Uma das vítimas teve que amputar o braço.

O motorista fugiu do local do acidente. O delegado Ricardo Teixeira disse, na manhã desta sexta-feira, que o motorista se entregou na delegacia de Alegre, foi ouvido e liberado.

A polícia abriu um inquérito para apurar as causas do acidente e, inicialmente, ele vai responder por homicídio culposo e lesão corporal culposa.

Após a perícia, ele ainda poderá responder por homicídio doloso, com dolo eventual.

Ainda segundo o delegado, o motorista foi liberado porque, pela lei, quando o motorista se apresenta, pode responder pelo crime em liberdade.

José Roberto é o proprietário da empresa e disse que vai apresentar as notas que fez revisão há dois meses. Ele não tem a licença municipal para fazer o transporte de alunos, mas o CNPJ foi registrado para fazer este transporte.

Durante o inquérito, vai ser verificado se ele realmente tinha estas licenças. O veículo vai ser apreendido.

Relato da vítima

Um dos estudantes que estava no veículo conta que o motorista perdeu o controle e a velocidade aumentou.

“O ônibus teria que fazer uma curva e poderia cair em uma ribanceira, por isso acho que o motorista jogou para o meio da pista, foi uma gritaria e o ônibus virou. A gente viu que a saída do ar estava aberta e alguns conseguiram sair, mas outros ficaram presos dentro do ônibus. Fomos para frente do ônibus e conseguimos retirar o vidro da frente e já começamos a retirar todo mundo que estava ali”.

Ônibus que capotou em Alegre estava com pneus carecas, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Ônibus que capotou em Alegre estava com pneus carecas, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

Tragédia anunciada

O capitão da Polícia Militar Isaac Rubim disse que o estado de conservação do ônibus mostra que o acidente era uma “tragédia anunciada”.

“O estado de conservação do ônibus, o relato dos passageiros de que o ônibus já saiu do município de Muniz Freire sem freio, tudo isso era uma tragédia anunciada. Mas a gente não tinha essa informação, porque esse ônibus prestava um serviço particular para esses alunos. Se nós tivéssemos essas informações, já teríamos feito uma fiscalização”.

Mortos

A estudante Tereza Fausta da Silva Neta, de 20 anos, morreu no local. O tio dela declarou que ela era filha única e a família está em pânico.

A outra pessoa que morreu foi Joilma Couto Casador, de 40 anos. Ela chegou a ser socorrida, mas morreu a caminho da Santa Casa de Misericórdia, em Cachoeiro de Itapemirim.

Feridos

Dos feridos, 18 foram levados para a Santa Casa de Muniz Freire, quatro levados para o hospital de Alegre e dois para a Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro de Itapemirim.

Dezoito feridos foram levados para a Santa Casa de Muniz Freire, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta
Dezoito feridos foram levados para a Santa Casa de Muniz Freire, no ES — Foto: Reprodução/ TV Gazeta

De acordo com o médico plantonista que atendeu os feridos na Santa Casa de Muniz Freire Djair Maziole Chagas, dos 18: um evadiu, três receberam alta na noite de quinta (22), dez receberam alta nesta manhã e quatro continuam em observação e vão passar por exames de ultrassonografia e tomografia.

O Secretário de Saúde de Muniz Freire, Haysten Soares Gomes, informou que quatro pessoas foram internadas no hospital de Alegre, uma delas teve que amputar o braço.

Foram levadas para a Santa Casa de Cachoeiro de Itapemirim uma pessoa com trauma na face e uma com lesão na perna e pé. Não se sabe sobre o estado de saúde delas.

Momento do resgate em acidente no interior de Alegre — Foto: VC no ESTV
Momento do resgate em acidente no interior de Alegre — Foto: VC no ESTV

Motorista fugiu do local

Quando a PM e os bombeiros chegaram ao local do acidente, o motorista do ônibus, que tem 53 anos, não estava no local.

Ele se apresentou à Polícia Civil no Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de Alegre. A Polícia Civil foi procurada sobre a investigação, mas não respondeu até a publicação da matéria.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here