Ex-companheiro é preso suspeito de matar jovem com faca de churrasco

Chave de grifo também foi usada no crime, segundo a Polícia Civil. Em 2017, feminicídio vitimou 68 mulheres no Estado do Rio de Janeiro

0
94

 

Ex-companheiro é principal suspeito de matar Daniele
Ex-companheiro é principal suspeito de matar Daniele Reprodução/Facebook

A Polícia Civil prendeu, nesta quarta-feira (14), o principal suspeito de matar a ex-companheira e colega de trabalho Daniele Nascimento Ramos, de 20 anos, no bairro Cavaleiros, em Magé, na Baixada Fluminense. Com ele, foram apreendidas uma faca de churrasco e uma chave grifo que, segundo os investigadores, teriam sido usadas no crime.

De acordo com as investigações, o suspeito teria agido motivado pela insatisfação com o fim do relacionamento. O ex-companheiro da vítima vai responder por tentativa de feminicídio — que é o assassinato de uma mulher pela condição de ser mulher.

Daniele chegou a ser socorrida por populares a um hospital da região, mas já chegou morta à unidade de saúde.

O caso foi registrado na DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense).

Feminicídios no RJ

Segundo dados do ISP (Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro), em 2017, 68 mulheres foram vítimas deste tipo de crime no Estado. A cada dez registros, ao menos cinco ocorreram dentro de casa (52,9%), e mais da metade foi cometida por companheiros atuais (51,5%) ou passados (5,9%).

Os casos mais recentes foram de Tayane Mendes Cruz, de 25 anos, atingida por 40 facadas pelo ex-companheiro em Queimados, na Baixada Fluminense; Cristiane Ferreira da Silva, de 27 anos, morta com um tiro de fuzil na frente dos filhos, na comunidade do Jacarezinho, zona norte do Rio; Vanessa de Morais Rocha, de 28 anos, espancada até a morte pelo companheiro em São Gonçalo, na região metropolitana do Estado, e Thatiane Jader Leocádio de Abreu, de 39 anos, esfaqueada na frente da filha de oito anos na comunidade do Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, na zona sul da capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here